É com o objectivo de partilhar conhecimentos e promover um espaço de reflexão em torno da temática da engenharia genética e suas implicações éticas que surge este espaço web.

sexta-feira, março 24, 2006

Alergia a frutos secos tende a aumentar

Amendoins, nozes, pistachios, pinhões. São muitas as variedades de frutos secos, assim como diversificadas são as suas utilizações.

Amendoins, nozes, pistachios, pinhões. São muitas as variedades de frutos secos, assim como diversificadas são as suas utilizações. Mas, para muitas pessoas, os frutos secos não representam satisfação alimentar, mas antes uma fonte de problemas de saúde. No período de 1997 a 2002, as alergias aos frutos secos aumentaram, de acordo com um novo estudo apresentado num jornal da especialidade. Os investigadores detectaram que os resultados mais graves foram os registados entre as crianças, em que a taxa de incidência de alergias a frutos secos passou de 0,4% para 0,8%. De acordo com o mesmo estudo, este aumento pode dever-se à introdução prematura de frutos secos na alimentação da criança, quando o seu sistema imunitário não está ainda desenvolvido e à utilização de cremes que contêm amendoim ou fórmulas com soja, por vezes transgénica.
Fonte: (Journal of Allergy and Clinical Immunology)